Reunião: Le Maido e a vista para o Circo de Mafate

28.9.17 Rui Quinta 0 Comments


No meu primeiro dia em Reunião, depois das três bacias visitas, tempo para outro dos atrativos da ilha: as montanhas e os circos naturais.
Reunião tem três circos naturais, depressões causas por origem vulcânica, sendo eles os Cirque de Mafate, Cirque de Salazie e Cirque de Cilaos. Salazie foi para mim uma fantástica experiência no último dia, para Cilaos não tive tempo mas com Mafate deparei-me logo na primeira tarde. Foi em Le Maïdo.

Le Maïdo é um pico montanhoso a 2200 metros de altitude, virado para o Cirque de Mafate, e para lá chegar há que percorrer uma sinuosa mas bela estrada, por entre curvas e contra-curvas que parecem não mais acabar. Reunião tem um relevo muito acentuado e praticamente não foram construídas pontes nem túneis para o atenuar, tornando as viagens muito mais lentas do que podem parecer no mapa mas, por outro lado, mais encantadoras e respeitadoras da natureza.

Durante a subida, ouve uma parte em que a tarde ficou nublada, mas o céu voltou a clarear e então percebi: estava literalmente acima das nuvens e era apenas a primeira vez. Em Reunião é frequente, não por as nuvens baixarem mas porque temos muito para subir. 

Felizmente, para o interior do circo, o céu não estava coberto e foi com uma paisagem impressionante que me encontrei.
Poucas paisagens me impressionaram tanto como esta do miradouro de Le Maïdo, ainda que me sinta incapaz de fazer justiça em fotografia aos seus incríveis e intermináveis penhascos e às aldeias tão pequenas lá no meio. São aldeias que fazem as delícias dos caminhantes – e há muitos franceses que fazem 11 horas de voo para percorrer os trilhos de Reunião.

A partir de Le Maïdo é possível caminhar até à Grand Bénare (2898m de altitude) ou até ao interior do Circo. Em ambos os casos, é preciso ir de manhã para ter tempo suficiente e existe uma agência que organiza caminhadas até ao interior e regresso de helicóptero.

Acompanhem em:
Facebook: www.facebook.com/ruideviagem
Booking.com

Também pode gostar de:

0 comentários: