Zadar: a história e o magnífico pôr-do-sol

15.1.19 Rui Quinta 0 Comentários


A cidade onde as ondas do mar foram transformadas em música.

Zadar é o local há mais tempo habitado de forma ininterrupta do território croata, com a sua origem estimada no século IX antes de Cristo e tendo por lá passado ilírios, romanos, bizantinos, venezianos e tantos outros povos, tudo muito antes dos turistas de todo o mundo chegarem, seja pelos seus encantos próprios ou porque, a meio caminho entre Krka e Plitvice, é uma excelente paragem para quem pretende visitar os dois principais parques nacionais da Croácia.

Com as melhores praias fora da cidade, mais distantes do que acontece em Split ou Dubrovnik, é o Centro Histórico de Zadar que capta a maior parte das atenções dos visitantes, mas o final do dia leva invariavelmente a sair das muralhas para ver o sol se pôr.


A sua localização é ideal para ver o pôr-do-sol, mas há mais do que a localização. Inaugurado em 2005 como parte do projeto de Zadar para redesenhar a sua costa, o Órgão do Mar (Sea Organ em inglês) produz música através da ondulação marítima que entra dentro de si, e logo ao lado o Monumento ao Sol, construído três anos depois, acumula durante o dia energia através dos seus painéis solares para se iluminar durante a noite num espetáculo de luzes. A isto basta juntar boa companhia e/ou um gelado dos tantos que há a vender em Zadar e/ou uma boa bebida, a gosto pessoal, e esperar que o sol desapareça no horizonte. Ou juntem o que vos faça felizes.

Ali encontrei dois dos mais bonitos pores do sol que vi tive em muito tempo.


O que visitar em Zadar
A Igreja de São Donato e a Catedral de Santa Anastasia, onde é possível subir à torre do relógio para encontrar uma vista privilegiada sobre a cidade, são os principais símbolos de Zadar, mas o Forum Romano é um museu a céu aberto que não deve ser descurado. E saiba também que as muralhas de Zadar são Património Mundial da UNESCO, em conjunto com outras construções na Croácia, Itália e Montenegro que são Obras Venezianas de Defesa entre os séc. XV e XVII.

Para quem quiser praia, a melhor opção nas imediações do Centro Histórico é a praia de Kolovare (aprox. 1 km), mas podem também apanhar o barco para um dia diferente em alguma das ilhas nas proximidades, as quais se podem ver desde a costa de Zadar.

E para quem gosta de se envolver um pouco mais na vida da população local, diariamente, dentro do centro histórico podem visitar todas as manhãs, entre as 6h00-13h00, o Mercado de Zadar. Mercado aberto de fruta e vegetais e logo ao lado os mercados (fechados) de carne e peixe.

E desde Zadar é extremamente fácil visitar o Parque Nacional de Krka (80 km) ou o Parque Nacional de Plitvice (120 km).

Booking.com

Também pode gostar de:

0 comentários: