2017 em retrospetiva

28.12.17 Rui Quinta 0 Comments


Mais um ano prestes a terminar e um ano cheio de aventuras, divididas por 8 países.

Mas mais do que contar países, o importante é contar experiências, e nesse quesito a viagem pela Namíbia valeu por muito. Foi uma semana de carro por um país único, atravessando o deserto, encontrando sem planear a vida selvagem e com pessoas de uma enorme afabilidade no segundo país do mundo onde estão mais dispersas. São apenas 2 milhões de pessoas num país 9 vezes maior que Portugal.

Uma viagem que já me desperta saudades e um país que recomendo a quem tiver algum espírito para fugir aos destinos mais comuns. Além das maravilhosas paisagens, animais e pessoas, é tudo muito fácil e seguro.

Em abril foi tempo de visitar Roma, berço de um dos maiores impérios da história e com toda a riqueza cultural que daí se origina.

Sempre tive uma enorme curiosidade e fascínio sobre o país, que mais tarde se transformou em vontade de o visitar, e esta foi certamente apenas a primeira de várias viagens a Itália. Roma é uma cidade linda, por onde quer que se olhe.

Totalmente diferente são as paisagens da Ilha de Reunião. O que a Namíbia tem de desértico, Reunião tem de verde, com todas as suas cascatas, montanhas e ainda um vulcão, o Piton de la Fournaise, que vos pode levar até aos 2632 metros de altitude se estiverem dispostos a isso.

É mais um destino lindo para quem ama natureza e apesar de ser desenvolvido em termos de infraestruturas e não faltar nada do que estamos acostumados a encontrar na Europa (afinal, está no Oceano Indico mas é uma ilha francesa), ainda não tem a enchente de turistas que incomoda noutros locais.

E, juntamente a Reunião, visitei as Maurícias, um destino muito mais conhecido para quem procura banhos de sol em praias paradisíacas, ainda que o meu conceito de paraíso se aproxime mais às selvagens cascatas que encontrei em Reunião.

Em viagens mais curtas, 2017 proporcionou-me os regressos a Madrid (Espanha), Joanesburgo (África do Sul) e a primeira vez em Frankfurt (Alemanha).

2018

Para 2018 já está prevista uma curta viagem ao sul da Alemanha e uma a Paris. E ainda sobra tempo para alguma uma talvez com duas semanas na segunda metade do ano, para a qual há algumas hipóteses.
Pode ser uma combinação entre Eslovénia, Croácia, Montenegro e Albânia (não necessariamente incluindo os quatro países). Pode ser uma viagem entre Budapeste, Bratislava, Viena e Praga. Ou ainda outra ideia que entretanto surja.

E para o blog está pensada uma boa revirada para vos apresentar melhor todo o conteúdo e ajudar quem procura novos destinos para as suas viagens.

E vocês, o que têm planeado para 2018?
Booking.com

Também pode gostar de:

0 comentários: